Archive for Julho, 2011

pelada

Julho 15, 2011

não é futebol, é sem roupa mesmo.

Eu sempre quis nadar pelada. Não moro perto de nenhum rio e acho que poderia ficar com medo de girinos, e outros animais, entretanto eu gosto de imaginar a sensação que deve ser nadar pelada numa agua de verdade, não piscina de cloro e xixi ou mar de xixi e tubarão. Nadar pelada no rio, tipo o Chico Bento.

Outra coisa que eu gostaria de fazer mais é dançar pelada. Com musica ou não. Dançar já faço às vezes sem querer, pelada é só pra ter um acessório (???)

Dormir pelada sempre. No frio tem q colocar roupa.

E sempre de janela fechada.

pergunte ao bife com chantilly : viagem

Julho 13, 2011

Querido Bife com Chantilly, 

Tenho sentido uma coceira nos pés ultimamente. Devo torrar todo o meu dinheiro juntado na última década com viagens que possivelmente não darão qualquer retorno financeiro?

As viagens são investimentos semi-materiais. Custam dinheiros, mas elevam o espírito. Essa quantia foi juntada durante anos, mas é recuperável. A oportunidade de ter mantido essa conta no banco cuidadosamente agora te proporciona uma oportunidade que vai além do custo do dinheiro. Faça um plano economico, você deverá saber conter os gastos e seja feliz pelo mundo!

pergunte ao bife com chantilly

Julho 12, 2011

Querido Bife,

ganho a vida como professora particular. Porém tenho uma aluna que mora longe e não tenho ânimo para ir até a casa dela com o que ela me paga. O que gasto com transporte não vale o tempo gasto. Como dispensá-la?

 

Querida professora particular,

você terá que ter uma conversa (nem tão) franca com sua aluna. Por que, em vez de telefonar, não marca uma última aula e explica a ela que seus horários mudaram drasticamente e que a partir deste dia só estará disponível em horários diferentes a cada dia, portanto seria muito penoso continuar com as aulas, elogie sua aluna e diga que pode lhe indicar outra professora! Mas avise a professora que você indicou!!!

 

domingo fail

Julho 10, 2011

Tomei banho cedo, troquei a roupa de cama, tirei o lixo, almocei e fiz até penteado depois que lavei o rosto e escovei os dentes.

Se fosse um tempo não-tecnologico eu teria ficado na janela ou no portão até às 17h aproximadamente, mas com a mesma xícara de chá de hortelã na mão, na tentativa de não surtar. Ela até me perguntou: “ele não vem?”

….

 

Esse tempo não existe, então eu liguei psicopaticamente mais de 50 vezes para um celular desligado ou fora da area de serviço. Mandei email também. Até publiquei aqui. O email foi respondido para alivio geral da minha mente, mas não respondeu nada.

Espero de novo.

tédio forçado

Julho 10, 2011

queria resolver logo os pobrema que eu tinha pra resolver. To em processo de resolver. Só que é chato.

Tem que se encarar  o marasmo, viver o tédio sozinha. mil capitulos de livros aleatorios, desenhos feito com tinta improvisada, hora do banho, seriados, muita fome e comida,  até fotos… aguardem.