Archive for Setembro, 2011

passive agressive mode on again

Setembro 26, 2011

eu prefiro ser triste.

E eu tento ser alegre, mas não dá pra não ser triste. Tudo que nos distrai tem um pouco de tristeza, tudo que foge da rotina do trabalho.  O respiro da aula de ballet é triste porque é um respiro. O bolo de sexta à noite é triste porque é feito no tempo que sobrou.  O café da manhã ao ar livre é triste porque não é sempre assim, porque ventou demais e a pele ficou roxa de frio.

Triste é mais bonito, triste é confortável, triste é dolorido, mas acaba sendo suportável.

rimou

Anúncios

voltando a você

Setembro 15, 2011

minha querida bugiganga virtual, te falo que não te visitei porque eu queria evitar os efeitos colaterais de se estar disponível no contexto virtual.

 

Eu queria te dizer sobre como as pessoas não deveriam ter permissão para ser muito feliz.

Também como eu já não aguento mais ver a minha mesma cara todo dia e vejo que estou envelhecendo aos poucos e não gosto porque estou mudando não sei onde e não controlo.

E como eu me dei uma folga autoindulgente e saí da cidade. Fui passear, gastei dinheiro, me diverti, revi, matei saudades.

E como a lua cheia serve de desculpas para tudo que eu fiz de errado. Eu me descontrolei, mas não é minha culpa, é da lua cheia! O horóscopo comprovou que quem tem a lua em gêmeos tende a ficar mais radical.

Como eu ainda não tomei rumo.

Como eu ainda não testei aquele maravilhosa receita de brownie. Mas vou testar.

 

Como eu venho de uma família em que a gente em vez de pedir desculpas e abraçar quem a gente magoou, compramos um presente, geralmente em forma de alimento.

 

Vou cuidar da sua poeira e tirar essas teias de aranha – se bem que é sempre bom ter uma aranha por perto, elas comem os mosquitos.

desculpe, blog

Setembro 15, 2011

odeio quando o wordpress me pede pra inserir login e senha!